.uma vela para Dario, Dalton Trevisan

o senhor gordo, de branco, o rapaz de bigode, os moradores da rua, as crianças de pijama, a velhinha de cabeça grisalha, o motorista, enxame de moscas, as pessoas do café, os curiosos, aqueles que pisoteiam, o guarda, o rabecão, as bocas que anunciam a morte, um defunto.

um senhor piedoso e um menino de cor descalço parecem ser a salvação.

até que a chuva vem e molha tudo.

Dario, não desejo teu destino a ninguém. mas é teu destino que acontece.

.

.

extraído de Vozes do retrato: quinze histórias de mentiras e verdades, contos de Dalton Trevisan (1925).

Leaver a comment